Os gatos e o stresse

Como evitar o stresse nos gatos
Tal como você, também o seu gato sofre de stresse e ansiedade quando sujeito a imprevistos, perdas ou situações de grande pressão. É que estes animais não lidam bem com a mudança e qualquer alteração - por mais subtil que seja - na sua rotina pode desencadear um conjunto de comportamentos agressivos, muitas vezes incompreendidos pelos próprios donos.
Estas mudanças podem causar uma ansiedade tal ao animal de estimação, que lhe alteram por completo a personalidade, levando-o a ter comportamentos agressivos, de­ pressões, fugas ou mesmo ao evitar da caixa onde faz as suas necessidades diárias. Este artigo pretende mostrar-lhe como lidar com estas situações - da melhor forma possível, para ambos.
1. CHEGADA DE NOVAS PESSOAS OU ANIMAIS
Se casou, teve um filho ou tem algum familiar a ficar consigo durante algum tempo, o seu gato vai comportar-se de forma diferente perante este novo elemento - ou mesmo se resolveu levar outro animal lá para casa. A melhor forma de dar a volta à situação é com compreensão e paciência. Acaricie ainda mais o seu animalzinho, para lhe assegurar que continua a ser muito importante para si e, quanto ao novo membro, peça-lhe que deixe o gato aproximar­se gradualmente até ganhar intimidade, sem forçar o animal a nada.
2. MUDANÇA DE HORÁRIO DE TRABALHO
Se encontrou um novo emprego ou lhe alteraram o horário de trabalho, não se esqueça que o animal vai sentir como ninguém esta mudança e, sobretudo, a sua falta. Por isso, uma semana antes, deixe o gato sozinho em casa por períodos cada vez mais alargados de tempo. Fale com ele, explique-lhe que tem de sair, mas que voltará depressa. No regresso faça-lhe festas e mimos. Ande com ele ao colo e diga-lhe o quanto sentiu a sua falta. Desta forma, no dia em que começar a mudança à séria, o gato já estará habituado à sua ausência.
3. MUDANÇA PARA UMA NOVA CASA
Se já em si uma mudança de residência causa estranheza (por muito desejada que seja, você demora sempre algum tempo a adaptar-se à nova casa), agora imagine como será o seu animal, que não percebe nada do que se está a passar. Por isso, durante as mudanças, coloque-o num quarto separado - para não se aperceber de tanta movimentação - com o seu cobertor preferido, os bonecos, a caixa das necessidades e o recipiente da comida. Só leve o gato para a nova residência quando a mudança estiver terminada e, na casa nova, faça o mesmo: deixe-o num quarto separado com as suas coisas de sempre enquanto desempacota caixas e arruma mobília. Só o deixe sair quando tudo estiver no devido lugar.
4. MORTE DE UM FAMILIAR
Tal como você sente a falta dessa pessoa querida, o bichinho também a sentirá. Mas, por muito arrasado que esteja emocionalmente, não se esqueça de dar um mimo extra ao gato. Dê-lhe uma peça de roupa da pessoa falecida - ou o cobertor preferido do animal falecido, se for o caso -, para que entenda que, apesar de já não estar fisicamente ali, continua a fazer parte da família e presente ainda. Quanto mais mimar o seu animal de estimação nesta altura, mais confortado se sentirá também - e talvez lhe seja também mais fácil a si começar a lidar com a perda.
5. CATÁSTROFE NATURAL
Claro que o medo que nos provoca um acidente natural - como um tremor de terra, um incêndio ou uma inundação - não pode ser evitado, pois nunca sabe quando irá acontecer. No entanto, pode proteger-se a si e ao seu animal, ao preparar com antecedência um plano de emergência caso isso venha a acontecer. Nunca, deixe o gato para trás numa situação de pânico, e tenha preparada uma mala com os seus pertences mais importantes. Trate-o como gostaria que o tratassem a si.
CUIDADO COM O BARULHO
Os gatos são muito sensíveis ao barulho, por isso, em alturas festivas ou de comemoração especial com fogo-de-artifício, ou até mesmo quando dá uma festa em casa para os amigos, prenda-o numa sala interior, com luzes suaves e uma música calma. Assim, o seu animal não ficará tão assustado.

4 comentários:

  1. Durante toda a minha vida tive gatos e de facto concordo com o que escreveu, eles sentem e muito todas as mudanças na sua vida.

    Aquilo que um gato mais gosta é da rotina e a certeza do seu dia a dia.

    ResponderEliminar
  2. Muito bom seu artigo. Tenho gatos em casa e sei bem como é complicado esse processo de adaptação para quando a rotina é alterada.
    Abraços

    ResponderEliminar
  3. Olá Kmmad,

    ótimas dicas para os donos. Os gatos têm de fato um modo particular de agir. Amei as fotos!

    Abraços

    ResponderEliminar
  4. Gosto e tenho gato, uma "viralatês" pretinha que é uma graça. Nesses momentos de stress é preciso dar muito carinho e "espaço" para o bichano. Um abraço. Drauzio Milagres.

    ResponderEliminar

Leia as regras:
Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- O seu comentário precisa ter relação com o assunto do post;
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros blogs ou sites;
- Não inclua links desnecessários no conteúdo do seu comentário;
- Se quiser deixar a sua URL, comente usando a opção OpenID.

O estado do tempo

Tempo Lisboa

Veja também outros links:

Parceiros

Tedioso: Os melhores links Uêba - Os Melhores Links À toa na Net Seus links em um só lugar!
Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!