Como levar uma vida de milionário

Dicas para viver como um milionário
São muitas as pessoas que ainda não compreenderam que rique­za não significa o dinhei­ro que se recebe: se ganhar um milhão e depois o esbanjar, não estará a tornar­-se mais rico, mas sim a gastar muito. A riqueza é aquilo que acumulamos e não aquilo que gastamos. Como é que alguém fica rico? Também a respeito desta questão há muito quem se engane. Rara­mente é a sorte, uma herança ou mesmo a inteligência que constroem fortunas. A riqueza é, em muitos mais casos, o resultado da dedicação ao trabalho, da perseverança e, acima de tudo, da disciplina.
Serão então os milionários gente aborrecida? De acordo com os pa­drões de Hollywood, talvez. Mas es­ta gente «aborrecida» tem algo de entusiasmante a ensinar-nos acerca do dinheiro. A postura é a maior diferença entre os milionários e os outros. Também aprendi que os milionários seguem certas regras. Aqui estão algumas das mais importantes:
1. Viva abaixo das suas posses.
Os acumuladores de riqueza mais bem­sucedidos gastam muito menos do que poderiam em casas, automóveis, férias e divertimentos. Porquê? Porque estas coisas rendem muito pouco ou nada. Os ricos preferem aplicar o seu dinheiro em investimentos ou nos seus negócios. Eis uma atitude.
De acordo com a visão de muitos milionários, uma casa de luxo é um mau investimento. Para que pagar centenas de milhares por uma casa se algumas dezenas bastariam? O dinheiro que sobrasse poderia render juros ou ser aplicado em negócios. Os milionários compreendem que quando compramos uma casa de lu­xo também compramos uma vida de luxo. Os impostos sobre propriedade que temos que pagar subirão astronomicamente, junto com o que gastaremos em pessoal, equipamento e seguros, para além dos preços que os diversos serviços (lojas de alimentação, por exemplo) costumam ter nas áreas mais abastadas. Vários afirmam que a única coisa pior que uma grande casa é a enxurrada de problemas que ela nos traz.
A postura de um homem rico pode também ser vista através do seu automóvel: muitos conduzem automóveis velhos e despretensiosos. Sam Walton, o bilionário fundador da WalMart, uma cadeia de lojas de venda a retalho, deslocava-se numa carrinha de caixa aberta. Outro milionário dizia: «Compro-os a peso: o maior carro que conseguir encontrar pelo menor preço.» Até que ponto poderá um milionário levar uma vida simples? Certo dia, um professor começou a investir em acções. Após alguns anos, deixou o ensino e tornou-se bombeiro profissional. Porquê? É que os bombeiros têm muito tempo livre e ele precisava de mais tempo para olhar pelos seus investimentos. Já quase nos seus 60 anos, tinha acumulado uma fortuna cujo valor líquido ultrapassava os 5 milhões de dólares. Mas continuou a viver do seu salário de bombeiro e continuou naquela profissão até se reformar, o que revela outro exemplo da postura das pessoas ricas: não quis perder a reforma por inteiro.
2. Dê mais atenção ao rendimento líquido que ao salário.
A maioria dos milionários mede o seu sucesso pelo seu rendimento líquido, não pelo salário. Em vez de levarem o dinheiro para casa, aplicam o máximo que podem nos seus negócios, carteiras de acções e outros investimentos. Porquê? Porque o Estado não cobra impostos sobre a riqueza, mas sim sobre os rendimentos para consumo, e quanto mais estes forem, mais o Estado receberá. Aqueles que juntam rendimento líquido mais rapidamente têm tendência a aplicar todo o dinheiro possível em investimentos, não em consumo. Ao mesmo tempo, claro está, reinvestem os lucros do seu investimento e observam os seus rendimentos líquidos a subir. Eis outro exemplo da atitude a adoptar.
3. Procure ser bem aconselhado.
Os maiores construtores de fortunas prestam muita atenção ao seu dinheiro e procuram conselhos de profissionais. Aqueles que gastam muito em automóveis, barcos e casas tendem a menosprezar os conselhos sobre investimentos. Pelo contrário, aqueles que não dão tanta importância a coisas luxuosas estão normalmente mais dispostos a pagar bom dinheiro a consultores em matérias legais e financeiras. Também procuram constantemente novas possibilidades de investimento. A parte mais misteriosa da acumulação de riqueza será aquele sexto sentido para descobrir oportunidades escondidas que alguns milionários desenvolvem. Um dos melhores exemplos que encontrei foi um médico. Era conhecido por ter comprado um terreno pouco tempo antes de um centro comercial se ter instalado exactamente do lado oposto da rua e aí ter construído um banco mal o centro comercial começou a ter êxito. Onde teria ele obtido a informação? Junto dos seus pacientes! Enquanto tratava deles, sabia de oportunidades de investimento antes de estas se tornarem do domínio público. Além disso, era suficientemente perspicaz para separar as boas pistas das más.
4. Desenvolva um plano.
As pessoas que fizeram a sua própria fortuna definem objectivos claros para o seu dinheiro. Podem querer reformar-se cedo ou deixar uma propriedade aos seus filhos. Os objectivos variam, mas duas coisas estão sempre presentes: têm sempre uma imagem em mente (por exemplo, a quantidade de dinheiro que querem poupar até aos 50 anos) e trabalham incessantemente para atingir este objectivo. Comece a definir um plano agora, seja qual for a sua idade. Quanto é que quer acumular e até que idade? Depois, pense ao contrário: para alcançar o seu objectivo, quanto teria que poupar por ano? Há algo que o pode surpreender: se obtiver riqueza (e não apenas muito dinheiro), o seu objectivo, a tal casa luxuosa com que sonhou, não parecerá tão distante. Estará a adoptar a atitude correcta!

11 comentários:

  1. Seus conselhos são precisos.
    E não é necessário querer ser rico, pode usar as mesmas regras para deixar de ser pobre, o que já seria um grande ganho para quem aplica o método e também para toda a humanidade.

    ResponderEliminar
  2. isso é coisa para uma vida toda. é muito dificil acumular dinheiro porque tem que abdicar de muita coisa durante a vida.

    ResponderEliminar
  3. Outro dia vi reportagem sobre os vencedores dos BBB anteriores e o que fizeram de suas vidas e dinheiro ganho. Alguns não quiseram dar entrevistas. Uma delas, foi muito interessante, veio de família humilde, continuou vivendo modestamente, claro fazendo algumas melhorias necessárias, investiu em imóveis e disse que estava administrando bem o que escolheu. Dos que foram entrevistados, ela foi a que se destacou, poderia notar até na própria face a conciência tomada.
    Desculpa, eu não vejo esses programas e não sei o nome dela. Somente três que por acaso guardei os nomes.

    ResponderEliminar
  4. As sua dicas servem também para quem quer ter uma vida desafogada sem andar a contar cêntimos. Gastar muito dinheiro num carro é sempre um mau investimento. e é sinal inutil de vaidade. Parabéns a noticia é muito útil

    ResponderEliminar
  5. Dicas extremamente importantes, a primeira vista pode parecer complexo, mas com humildade e determinação é um caminho possivel para muitos.

    ResponderEliminar
  6. Aquele velho ditado é verdadeiro:

    "dar o passo conforme a perna"
    (ou mais ou menos isso)

    Infelizmente, estamos mergulhados na era do consumismo. Aquele que não tem bom senso e valoriza apenas a aparência é presa fácil hoje em dia.

    Abs

    ResponderEliminar
  7. Se engana que ricos são gastões, quem gasta acaba como o Mc Hammer.
    Riqueza é provavelmente uma mentalidade.

    ResponderEliminar
  8. Estou até agora a me perguntar para que serve essa tal riqueza se, como descrito no texto, a pessoa vive como pobre? A medida certa não é acumular sem aproveitar, depois de morto é que não há. O equilíbrio e a sensatez, além dos conselhos profissionais, também devem ser usados quando se tem muito dinheiro. No mais, saúde, amor e paz, já é muita fortuna. Sucesso.

    ResponderEliminar
  9. Esta informação é muito útil com certeza!!!
    Mas vale lembrar que não podemos viver em função do dinheiro, e sim eles em função da gente!
    Se trabalhamos muito, com muita dedicação temos que saber aproveitar isto. Pois não teremos a idade e nem principalmente a saúde que temos hoje!!

    Abraço

    ResponderEliminar
  10. Não há segredo. A questão é sempre gastar menos do que ganhamos, fazer uma poupança e com isso negociar um desconto para pagamento a vista.. Um abraço. Drauzio Milagres.

    ResponderEliminar
  11. eu sou milionario.
    eu gosto muito de gastar a minha grana e não entou nem ai pelo que as pessoas vão achar, porque o dinheiro é meu e ninguém deve falar o que devo e o que eu nao devo fazer com o meu dinheiro...
    então vcs que não tem a sorte que eu tenho, morram de inveja...

    ResponderEliminar

Leia as regras:
Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- O seu comentário precisa ter relação com o assunto do post;
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros blogs ou sites;
- Não inclua links desnecessários no conteúdo do seu comentário;
- Se quiser deixar a sua URL, comente usando a opção OpenID.

O estado do tempo

Tempo Lisboa

Veja também outros links:

Parceiros

Tedioso: Os melhores links Uêba - Os Melhores Links À toa na Net Seus links em um só lugar!
Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!