Como encontrar um arco-íris

Mistérios do arco-íris
Por que razão os ar­cos-íris são vistos como au­gúrios de bons aconteci­mentos vindouros?
Para os judeus e os cris­tãos primitivos, um arco­-íris era um raio de luz celestial irradiando das altu­ras. A ideia de um pote de ouro na ponta do arco-íris deve ter origem na crença de que os anjos sentados lá no alto se divertiam a atirar moedas de ouro pelos raios abaixo.
«O arco da aliança» de Noé foi um «sinal da promessa de Deus» de que as torrentes não voltariam a destruir toda a vida à face da Terra. Uma interpretação afro-americana do Dilúvio diz que as aves da arca de Noé ficaram tão excitadas com este sinal que atravessaram o arco­-íris e assim adquiriram as suas cores.
A ciência, porém, tem as suas pró­prias explicações. Já no século XIII se escreveu que as gotas de chuva eram a fonte dos arcos-íris. Em 1637, o filósofo francês Re­né Descartes demonstrou como as gotículas de água «desviam» ou re­fractam os feixes de luz e os relan­çam em novas direcções. Em 1704, Sir Isaac Newton escreveu a sua Óp­tica, onde explica como é que um raio de luz se transforma em sete faixas de luz brilhantes e coloridas quando o sol dança com a chuva.
Se o sol, que vemos esbranquiça­do, brilha através de uma cortina de chuva, a maior parte da luz pas­sa inalterada pelo centro das gotí­culas de água. Mas alguns dos raios, particularmente a luz que entra pe­las orlas das gotas de chuva, são des­viados. A luz refractada divide-se nas suas cores componentes e incide na superfície brilhante como um espe­lho da parte de trás da gota de chu­va, fazendo um ângulo tão agudo que é reflectida.
As cores primárias do arco-íris apa­recem sempre pela mesma ordem, de baixo para cima: vermelho, laran­ja, amarelo, verde, azul, anil e violeta. A Natureza deleita-nos, por vezes, com os arcos-íris secundários, mais desmaiados, que aparecem para além do arco principal, com os esquemas cromáticos completamente inverti­dos. Estes arcos são formados pela luz que se reflecte duas vezes dentro da gora de chuva antes de emergir da sua corrida selvagem.
Fig. - Como se forma um arco-íris:
(Quando os raios se Sol incidem numa gota de chuva, a maior parte da luz passa pelo centro da gota. Mas a luz que passa através das partes superior e inferior é refractada e fragmenta-se nas sete cores componentes, criando um arco-íris.)
Quer observar um arco-íris? De­vido ao seu aparecimento súbito, es­tes arcos de luz obedecem a deter­minados padrões: a melhor altura para caçar um arco-íris é no período de três horas depois da alvorada ou no período de três horas antes do crepúsculo, quando o Sol está baixo no céu. Como as chuvadas são mais frequentes de tarde, a maior parte dos arcos-íris avista-se ao fim do dia.
Quando o Sol vai alto, os arcos­-íris são invisíveis, excepto a partir dos pontos altos, como os picos das montanhas, de onde se vêem os ar­cos-íris em baixo. Os arcos-íris podem formar-se sempre que chove e faz sol. Procu­re-os no borrifo das quedas-d'água e das ondas batidas pelo vento.
O Sol tem de estar por detrás de si para criar arcos-íris visíveis. Por conseguinte, olhe para Oeste de ma­nhã e para leste de tarde. Não vale a pena perseguir arcos­-íris. Os ângulos de refracção e de re­flexão têm de ser constantes para se poderem ver as cores. Se caminhar­ mos ao encontro do arco-íris, ele pa­rece estar sempre à mesma distância.
Mas, apesar da ciência, os arcos­-íris são mais parte do reino da ar­ te que do da física. Quando olha­mos para um arco-íris, o que a maior parte, de nós vê não são ondas de luz. É assombroso. O melhor, perante uma das mais belas criações da Na­tureza, é ficar a olhar em silêncio.

3 comentários:

  1. KmMad,

    Boa explicação. Gostei muito. Mas gostava mais se, depois de encontra o Arco-Íris, eu encontrasse um pote de ouro ao seu final.

    Um Abraço.

    ResponderEliminar
  2. Muito interessantes seus textos.
    Independente da explicação científica o arco-íris, ele é lindo!
    No inverno passado vi um arco-íris tão perfeito! que fiquei impressionada com sua beleza.
    Os contraste de suas cores com o cinza do inverno foi lindo demais!Era como se Deus estivesse dizendo " - Oi, estou aqui olhando vocês".
    abs
    Lisa

    ResponderEliminar
  3. O arco-íris é, talvez, dos fenómenos naturais que mais me encantam. Talvez reminiscências da infância, sei lá...
    Um beijo,

    Milouska

    PS - Amanhã lá estaremos! ;)

    ResponderEliminar

Leia as regras:
Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- O seu comentário precisa ter relação com o assunto do post;
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros blogs ou sites;
- Não inclua links desnecessários no conteúdo do seu comentário;
- Se quiser deixar a sua URL, comente usando a opção OpenID.

O estado do tempo

Tempo Lisboa

Veja também outros links:

Parceiros

Tedioso: Os melhores links Uêba - Os Melhores Links À toa na Net Seus links em um só lugar!
Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!