Crise existencial - serei mesmo um pinguim?

Serei mesmo eu?

Um jovem pinguim passeava com o pai nas massas de gelo flutuante.

- Pai, eu sou um pinguim?

- Claro que és, meu filho. Eu sou um pinguim, tal como a tua mãe, os teus avós e os teus irmãos.

Continuaram a andar. Passado um bocado, o jovem pinguim voltou a perguntar:

- Pai, tem mesmo a certeza de que eu sou um pinguim?

- Já te disse que sim - respondeu o pai, agora irritado.

- Por que estás sempre a perguntar isso?

- Porque estou cheio de frio, pai.

Moral da história: na idade dos porquês, não vale a pena ficarmos irritados enquanto os mais pequenos não obtiverem as respostas adequadas às suas dúvidas, mesmo aquelas sobre a sua própria identidade.

2 comentários:

  1. Prezado amigo, seu blog, é nota 1000
    gostaria de saber como vc faz duas barras laterais uma na esquerda e outra na direita. Interessante isso
    abração

    ResponderEliminar
  2. Adorei o blog e já sou seguidora! Um grande abraço!
    Janeisa

    ResponderEliminar

Leia as regras:
Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- O seu comentário precisa ter relação com o assunto do post;
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros blogs ou sites;
- Não inclua links desnecessários no conteúdo do seu comentário;
- Se quiser deixar a sua URL, comente usando a opção OpenID.

O estado do tempo

Tempo Lisboa

Veja também outros links:

Parceiros

Tedioso: Os melhores links Uêba - Os Melhores Links À toa na Net Seus links em um só lugar!
Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!