O ouvido e a audição: funções e doenças

O aparelho auditivo
As funções do ouvido
O ouvido desenvolve duas funções importantes: aquela da audição e aquela do equilíbrio. É também uma parte das vias respiratórias. O ouvido recebe as vibrações sonoras e transforma-as em impulsos nervosos que são transmitidos ao cérebro que, por sua vez, interpreta a mensagem sensorial.
O equilíbrio encontra-se à base dos movimentos do corpo. Este depende essencialmente do ouvido interno, mas um papel muito importante é desempenhado também pelo olho, pelos receptores tácteis da pele, pelos músculos e pelos membros. Todas as informações destes órgãos são organizadas no cérebro, que coordenando-as assegura o equilíbrio.
Estrutura do ouvido
O ouvido externo:
O ouvido externo contém numerosos nervos e vasos sanguíneos. É constituído pelo pavilhão auricular, a parte visível e mais externa do ouvido, e pelo canal auditivo. O canal auditivo parte do pavilhão auricular e chega até à parte compacta (rochedo) do osso temporal.
O canal auditivo contém numerosas glândulas, ceruminosas e sebáceas, e folículos pelíferos. As glândulas ceruminosas segregam uma substância (o cerúmen) que captura as poeiras e outras partículas microscópicas. O cerúmen é por conseguinte empurrado em direcção ao pavilhão auricular através do canal auditivo. O sebo segregado pelas glândulas sebáceas lubrifica o ouvido. No fundo do canal auditivo encontra-se o tímpano, constituído por tecido conjuntivo muito resistente. A espessura é de apenas um milímetro e o diâmetro de um centímetro.
O ouvido médio:
Chamado também caixa do tímpano, o ouvido médio é uma cavidade escavada ao interno do osso temporal, que canaliza, amplificando-as, as vibrações sonoras recolhidas pelo ouvido externo. O ouvido médio encerra três ossículos ligados entre eles. O mais próximo do tímpano é o martelo, seguem a bigorna e por fim o estribo. O estribo adere através da sua base à janela oval, uma membrana situada à entrada do ouvido interno. No fundo do ouvido médio começa um longo canal de 4 centímetros, a trompa de Eustáquio, que termina na faringe. A trompa de Eustáquio é circundada por muitos músculos e a sua mucosa encerra glândulas que segregam um líquido viscoso.
O ouvido interno: O ouvido interno, chamado também labirinto, é constituído por uma parte auditiva e por uma parte que preside ao equilíbrio. É formado por numerosas cavidades localizadas ao interno do osso: a cóclea (ou caracol), o vestíbulo e os canais semicirculares. Estas cavidades encerram um líquido, a perilinfa, e são forradas por um saco membranoso, formado por tecido conjuntivo que assume a forma do osso. Também o labirinto membranoso contém um líquido viscoso, a endolinfa.
A parte auditiva do ouvido é constituída pelo caracol membranoso, pelo canal coclear e por um pequeno saco membranoso, o sáculo. O nervo auditivo, ao interno do caracol, decifra os movimentos do líquido do qual está emprenhada esta estrutura. O sistema que controla o equilíbrio é constituído por um saco membranoso, o utrículo, do qual partem os três canais semicirculares. Estes canais estão forrados por células sensoriais que registam os movimentos da endolinfa. Os impulsos são sucessivamente transmitidos ao cérebro através do nervo auditivo coclear.
Como funciona o ouvido
A audição:
O ouvido capta as ondas sonoras e analisa-as. O som é uma vibração física do ar cuja frequência audível pelo ouvido humano situa-se entre os 16 e os 16.000 Hertz. Alguns animais podem ouvir frequências mais baixas (o elefante, por exemplo, pode ouvir sons de 12-14 Hz) ou mais altas (os ultra-sons perceptíveis pelos cães, pelos mamíferos marinhos ... ).
As ondas sonoras são captadas pelo pavilhão auricular e transmitidas ao tímpano através do canal auditivo. O tímpano é uma membrana elástica que vibra á mesma frequência das ondas sonoras, amplificando proporcionalmente a intensidade dos sons. Os ossículos transmitem as vibrações através do ouvido médio até à janela oval.
Os sons, no decurso desta transmissão, são amplificados por um fenómeno puramente físico devido à estrutura anatómica do ouvido médio, dando-nos assim a possibilidade de captar também aqueles muito fracos. Quando a base do estribo exerce uma pressão sobre a janela oval, a perilinfa, o líquido que se encontra na cavidade do ouvido interno move-se e oscila com a mesma cadência das ondas sonoras.
Os movimentos da perilinfa transmitem-se ao líquido dos sacos membranosos, cujas oscilações são decifradas pelas cerca de 20.000 células sensoriais (células ciliadas) presentes ao interno do caracol. As células ciliadas são estimuladas pelos movimentos da endolinfa que provocam os impulsos nervosos. Na ausência de rumores, as células ciliadas encontram-se em estado de repouso e carregam-se electricamente. Quando as ondas sonoras alcançam o ouvido interno, a electricidade é transformada em impulsos nervosos que, através do nervo auditivo, alcançam o cérebro.
A profundidade da penetração das ondas sonoras no caracol é em função da sua frequência. Os sons com uma frequência alta não penetram muito profundamente no caracol, enquanto que aqueles com baixa frequência penetram em profundidade. Desta maneira, o cérebro pode diferenciar os vários sons conforme a sua localização no caracol. O cérebro determina a intensidade de um som em função da quantidade de impulsos transmitidos pelas células ciliadas. Quanto mais o som é forte, maior é o número de impulsos nervosos que estas enviam.
A pressão:
Para que o ouvido médio possa funcionar da melhor maneira, é necessário que a sua pressão interna seja igual à pressão atmosférica. Se a pressão é demasiado forte ou demasiado fraca, as vibrações do tímpano são estorvadas, a transmissão das ondas sonoras não é boa e a audição é fraca.
A trompa de Eustáquio, que desemboca na faringe, está em contacto com o ar externo através da boca e do nariz. Esta configuração permite à trompa de Eustáquio de regular a pressão entre o ouvido médio e o ar externo.
O equilíbrio entre estas pressões é regulado a cada deglutição de saliva ou de comida; daqui a utilidade de chupar rebuçados ou mastigar chewing-gum num avião no momento da descolagem e da aterragem, num automóvel na montanha, ou durante uma descida com os esquis. A obstrução da trompa de Eustáquio, causada por uma infecção ou por uma inflamação das vias respiratórias, impede o equilíbrio entre a pressão interna e externa, provocando então dores no tímpano e abaixamento da audição.
Os órgãos do equilíbrio:
Os órgãos do equilíbrio do ouvido interno constituem o aparelho vestibular. As duas partes do ouvido denominadas utrículo e sáculo são muito ricas de células sensoriais. Quando o corpo se move, a endolinfa coloca-se em movimento e actua sobre as células sensoriais provocando alguns impulsos nervosos. Graças a estes impulsos, o cérebro pode determinar a posição do corpo.
Os movimentos da cabeça não são registados nos dois sacos membranosos mas nos canais semicirculares. Estes canais partem do utrículo e terminam nas bolsas dilatadas, as ampolas, que contêm numerosos corpos tácteis providos de células sensoriais. Estas células apresentam-se sob a forma de um único cílio terminante num grânulo ou otólito. Quando movemos a cabeça, o líquido que enche os canais semicirculares derrama-se nas ampolas.
O deslocamento do líquido curva os órgãos tácteis que transmitem impulsos nervosos ao cérebro. Os sinais emitidos pelas células ciliadas não chegam somente ao cérebro, mas alguns destes alcançam directamente os músculos do pescoço, permitindo-nos de manter a cabeça direita. Graças a estes reflexos, os músculos conferem estabilidade ao corpo. Os movimentos da cabeça actuam também sobre os olhos. Quando a cabeça roda numa direcção, os músculos oculares reagem simultaneamente e o olho move-se na direcção oposta para conservar uma imagem fixa.
Exame do ouvido
O ouvido externo:
O médico examina o ouvido externo com o auxílio de um pequeno funil e de uma lâmpada ou com um pequeno microscópio introduzido no ouvido. Desta maneira, podem-se ver o canal auditivo e o tímpano.
Exame audiométrico:
Para examinar a audição de um paciente, o médico pode efectuar quer uma audiometria vocal, ou seja fazer-lhe ouvir uma voz humana, quer uma audiometria tonal, que consiste em fazer ouvir ao paciente sons de frequências e intensidades diferentes. Os resultados são registados num diagrama que a seguir é analisado.
Para completar a audiometria tonal, pode-se também fazer um exame do aparelho auditivo com o auxílio de um diapasão aplicado alternativamente em frente do canal auditivo externo e contra os ossos do crânio, frontal e temporal. Estes exames são denominados teste de Rinne e teste de Weber. A diminuição do ouvido pode ser causada por uma lesão do tímpano. Em tal caso a membrana é examinada com técnicas que medem os seus movimentos quando é submetida a um estímulo.
O equilíbrio:
As doenças que têm repercussões sobre o equilíbrio podem provocar lesões quer ao interno dos próprios órgãos do equilíbrio quer a nível do nervo auditivo. Para poder identificar estas lesões, o médico verifica o equilíbrio em posição erecta, controla a precisão dos gestos e verifica a ausência de movimentos oscilatórios anómalos e involuntários do globo ocular (nistagmo).
As doenças do ouvido
O ouvido, como todos os órgãos, pode ser a sede de doenças infecciosas, inflamatórias, tumorais, mas também de perturbações funcionais específicas.
As doenças do ouvido externo:
Afectam em princípio o canal auditivo. As três afecções mais frequentes são a impetigem, o eczema e a obstrução. Esta última pode ser causada por um corpo estranho introduzido acidentalmente no ouvido ou por um rolhão de cerúmen formado pela acumulação de cera endurecida. Por vezes, para a extracção de um rolhão, toma-se necessária uma lavagem médica do canal auditivo.
As doenças do ouvido médio:
Afectam o tímpano, a cadeia de ossículos, as paredes da caixa do tímpano e a trompa de Eustáquio. As doenças infecciosas que podem causar uma otite média são frequentes. A inflamação da trompa de Eustáquio, ou catarro auricular, compreende a presença no ouvido médio de um líquido que não pode defluir e exerce uma pressão dolorosa sobre o tímpano. Os ossículos podem ser afectados pela otosclerose, uma espécie de anquilose mecânica que diminui notavelmente a audição.
As doenças do ouvido interno:
As afecções virais do vestíbulo e da cóclea comprometem seriamente a audição, sem possibilidade de recuperação quando são afectadas as células sensoriais. As perturbações vasculares do ouvido interno estão à origem de vertigens, zumbidos, perturbações do equilíbrio e da síndroma de Méniere, que se manifesta com estes sintomas. Também um tumor particular do nervo auditivo, o neurinoma do nervo acústico, provoca a surdez.
Os traumatismos:
Os traumatismos do ouvido externo, pavilhão e canal, são pouco perigosos. Aqueles do ouvido médio, provocados em princípio por um traumatismo sonoro ou por uma explosão, são mais graves: tímpano perfurado, forte risco infeccioso, lesões dos ossículos.
Outras doenças
Muitas outras doenças afectam o ouvido: tumores do canal auditivo, herpes­zóster, lesões vasculares, arteriosclerose, lesões degenerativas causadas por uma intoxicação farmacológica, muitas vezes a seguir ao consumo de certos antibióticos. Existem também alguns tipos de surdez de natureza congénita, associadas em princípio ao mutismo, que necessitam de uma assistência médica precoce.

63 comentários:

  1. Desculpe o off topic mas é só para avisar que tem uma prenda para si no meu blog.
    Pode ir lá ver ?
    Abraço
    Jorge


    PS: Excelente post este. Parabéns

    ResponderEliminar
  2. Olá, recebi seu recado no dihitt e vim conhecer seu blog.
    Seu texto é muito bom e completo.

    ResponderEliminar
  3. Estou estudando sobre este assunto!
    Esse texto me ajudou muito!

    Valew!

    ResponderEliminar
  4. E muito interessante este tema e continuo a investiga r sobre a importancia do ouvido

    ResponderEliminar
  5. estou satisfeito com o artigo esclareçe duvidas sobre um problema auditivo que me apareçeu estou ajudando meu médico!!Carlos Verissimo. Teresópolis RJ.

    ResponderEliminar
  6. MEU É JOAQUIM SOFRO DE UM ABORRECIMENTO DENTRO DO MEUS OUVIDOS, AS VEZES QUANDO ESFRIA OU QUANDO FICA QUENTE O TEMPO SINTO UMA TRANSFORMAÇÃO EM MIM, FICO SEM VONTADE DE FAZER NADA OU ATÉ DE PENSAR OU COLOCAR MENTE PARA FUNCIONAR, MANDE RESPOSTA.

    ResponderEliminar
  7. gabriel de são paulo20 de Outubro de 2009 às 23:32

    eu gostaria de saber se já existe alguma protese no mercado que venha subistituir a falta dos ossinhos no ouvido interno,chamados de martelo ,bigorna,estribo.etc..

    ResponderEliminar
  8. esse artigo me ajudou muito na pesquisa que eu fiz

    ResponderEliminar
  9. me ajudou e muito par o meu trabalho de ciencias da setima serie obrigado beijos jean

    ResponderEliminar
  10. fiz um trabalho e a professora adoro Obrigada

    ResponderEliminar
  11. fiz duas cirurgia uma chamada de tinpanoplastia,e a outra de ceptoplastia, em fevereiro de 2005. foram bem suscedidas. no dia 22/10/2010. fui acometido de uma faringite aguda a garganta fechou, fui a um posto da upa.
    após medicado fui p/ casa. no dia 25/10/2010,
    23:30 da noite senti fortes dores no ouvido operado saiu uma secreção parou de doer de manhâ percebi que estava sangrando, que devo fazer?? preciso de ajuda

    ResponderEliminar
  12. OLÁ GOSTEI DESSE BLOG. PARABÉNS TEM MUITA INFORMAÇÃO.

    MAS EU TENHO UMA DUVIDA E GOSTARIA QUE VOCES ME AJUDASSEM, TENHO UM BEBE DE 1 ANO E 7 MESES, DESDE QUE ELE NASCEU QUE O OUVIDO DELE, DO LADO ESQUERDO, TEM UMA MASSA ESBRANQUIÇADA E DE UM ODOR TERRIVEL, JÁ LEVEI AO MEDICO VARIOS VEZES, MAS GERALMENTE SÓ PASSAM OUVIDONAL, OTOSPORIN, OU CERUMIN, MAS NADA ADIANTA O OUVIDO DELE CONTINUA PRODUZINDO ESSA MASSA FEDIDA E BRANCA, TENHO MEDO QUE PERCA A OUDIÇÃO. ENTÃO QUERIA SABER SE NAS PESQUISAS JÁ FEITAS DE VOCES, JÁ VIRAM ALGO PARECIDO? DO QUE SE TRATA ESSA MASSA BRNCA FEDIDA? GRATA ESPERO RESPOSTA.

    ResponderEliminar
  13. Respondendo ao último comentário: O seu bebé poderá ter uma Otite Média Crónica, ou seja, uma inflamação da mucosa do ouvido médio que perdura por um período mínimo de 3 meses. Pode ser acompanhada ou não de efusão ou apresentar ainda otorréia. Verifique se, para além dessa massa esbranquiçada o seu bebé apresenta os seguintes sintomas: comichão, dor no ouvido, uma ligeira descarga e surdez. Se estes sintomas se observarem, decerto o seu filho poderá estar com uma Otite. O tratamento da otite média exige: nas primeiras fases da otite, antes do tímpano ter rebentado, os antibióticos são vulgarmente eficazes. Um médico pode também receitar analgésicos e gotas para o nariz para aliviar a congestão da extremidade inferior do canal de Eustáquio. A anti-histamina, ingerida na forma de comprimidos, pode ajudar a aliviar o bloqueio. raramente, pode ser necessário perfurar o tímpano cirurgicamente. Se o tímpano se rompeu e descarregar pus, deve manter-se o ouvido limpo e seco até que o tímpano tenha sarado. Todavia, aconselho vivamente a consultar um especialista, ou seja, um Otorrinolaringologista.

    ResponderEliminar
  14. olha eu tenho um poblema de audiçao,fui no otorrino e ele se supreendeu porque ta tudo ok mas sinto um pouco a falta de audiçao,ai vou fazer alguns exames pra ver se eles descobrem alguma coisa quepode ta causando isso.
    alguem tem alguma informaçao pra passar a respeito

    ResponderEliminar
  15. Prezados amigos gostaria de saber o que fazer; no meu caso acredito ser uma otite media o que ocorre que fui em dois otorrinolaringologista que nao resolveram o problema acredito que o meu timpano esta com catarro secrecao esta que me impede de ouvir bem , ja nao escuto do lado esquerdo e o direito é normal porem este problema me da a sensacao de estar submerso e muitas vezes quando canto saio do tom por nao me ouvir direito , outra situacao e quando corro que fica dando estalos e som misturado de vento é de deixar-me louco. me de uma ideia ja que acredito nao ter rompido o timpano.

    ResponderEliminar
  16. GoOsteii MuitOo me AjudOu MuitOo....
    Valeuu

    ResponderEliminar
  17. esse artigo é um maximo
    tem tudo o que eu preciso para o meu trabalho

    ResponderEliminar
  18. Oi meu nome é Norma,e quero dizer aqui ,que fiz 8 cirurgias.Nas quais as 3 ultimas ,foi das mais perigosas e ainda sinto que ñ estou curada!Operei o meu ouvido 2 vezes,e o direito 6.Fiz uma cirurgia de meatoplastia/timpanoplastia C. reconstrução da cadeia.Já faço acompanhamento desde 12 anos de vida ,mas com o problema desde 6 meses de vida.O meu primeiro médico Doutor José Celso,fez uma cirurgia que tampou o tímpano do lado direito e eu não ouvia nada ,só o lado esquerdo,era que ouvia ,mas tbm muito pouco.Devido sair muito puz,do meu ouvido direito,foi feito esta cirurgia.E com isto veio muitas complicações,desmaiava por sentir dores fortes,dor de cabeça ,febre,vômito, entre outros sìntomas.Depois que perdi o convênio,entrei em contato com outro médico,Doutor Oswaldo A.B.Rios,ele disse que estava tudo destruído no meu ouvido e que poderia ,ter tido uma meníngite,então operei,mais uma vez.Só que depois da cirurgia,eu ainda não escuto bem,os dois ouvidos estão com perda auditiva,e ainda as vezes ,fico enjoada e com uma confusão mental.Só basta mudar o clima.Gostaria de saber o que vem a ser isto,sendo o meu caso ,que um dia foi muito delicado,hj depois da cirurgia ,pelo menos meningite ,não terei mais segundo o meu médico.Por favor,me mandem respostas,estou aguardando ansiosa.Ah meu ouvido ainda sai secreções quando não é o direito,é o esquerdo e sempre ,quando muda o tempo,eu sinto dor de ouvido,acompanhado de confusão mental.Nem os antibióticos estão resolvendo mais!Ressaltando me mandem respostas.Meu e-mail é naninhamatias@hotmail.com Estou ficando desesperada!!!!!

    ResponderEliminar
  19. Olá , estou com duvida se estou com alguma doença auditiva ! meus sintomas são bem estranhos , sinto vertigens diariamente , perda de visão e concentraçao por esse fato .. ´Há uma ardencia que começa no interno do meu ouvido direito e vai até a nuca ! ... o que pode ser ?

    Grato

    ResponderEliminar
  20. olá ! amigos estou com uma dúvida ... Ultimamente sinto vertigens diarias e isso ate me levou até o hospital .. há uma ardencia no meu ouvido direito que segue até a nuca ...Fico assim o dia todo praticamente , e tenho perda de visao e concentraçao quando a ardencia fica mais intensa . Aleraçao na cor da minha pele também ! .. O medico constatou ser estresse :S da pra enteder ?

    Grato

    ResponderEliminar
  21. Oi,Tenho um problema que não sei bem o que é, enfim... tenho uma leve perda nos dois ouvidos, sai com uma certa frequência inflamação algumas vezes da uma feridinha dentro da orelha...geralmente não me da dor. as vezes fica um zumbido( como aqueles de quando se liga uma teve mais antiga)já fui a um medido ele disse que tenho que fazer uma cirurgia A LASER. bom gostaria de saber o que tenho e se realmente preciso fazer uma cirurgia... Obrigada pela atenção(para resposta envio meu email suzana1silva@gmail.com) att. suzana

    ResponderEliminar
  22. oifoi detectado a minha filha uma surdez ,problemas o ouvido interno e o medico diz-me que a perda e evolutivo
    ja fui a varios medicos e dizem -me que nao ha nada a fazer.
    podem me ajudar com alguma informaçao.

    ResponderEliminar
  23. tenho uma amiga que tem um tumor no ouvido um neurinoma, disseram-lhe que era benigno, agora já estão desconfiados que é benigno, disseram-lhe que querem fazer uma biopsia e aproveitam e operam logo mas disseram a ela que ela ia ficar com paralisia na face direita porque tinham que cortar o nervo facial, mesmo que ela não aceitasse mais dia menos dia ia ficar com paralisia na face direita e o tumor podia crescer apanhando o cérebro, ela fez muitos exames, eu pergunto ela deve ser operada? a minha amiga está desesperada,o meu email é caldeirasonia@hotmail.com , gostava de receber alguma informação é urgente muito obrigada

    ResponderEliminar
  24. há uns tempos queixavam-se em minha casa que tinha a tv com som alto....nunca liguei a esses comentários...mas diziam-me que "deves estar surdo"...um dia fui ver um filme ao cinema City e lá o som está sempre exegeradamente alto...quando saí da sessão, vinha com uma zoada, um zumbido no ouvido esquerdo...pensei que passaria, mas não passou...na farmácia comprei um spray para limpeza...já usei, mas o ouvido não estava sujo....o zumbido ou zoada continua....fui a uma consulta especializada...não há cera, não há infecção, garganta e nariz estão bem....vou fazer uns exames em breve....qual será o meu problema? poderei ter espeanças de cura????? tenho 62 anos e nunca tive este problema...
    Dinis Marques
    Leiria
    amigodinis@gmail.com
    936415004

    ResponderEliminar
  25. Tenho um sério problema no meu ouvido direito, não escuto direito, tenho um um zumbido constante e vez em quando sinto vertigem. Fui ao médico ele pediu uma tomografia computadorizada de ossos temporais e diz o seguite: Foram realizados cortes tomográficos oxiais e coronais dos ossos teporais em aparelho multislice, seguidos de recontruções de alta resoução e ultiplanares das imagens, conforme demarcada. Após realizarem-se recontruções de alta resolução e multiplanares das imagens. Os vários cortes reakuzadis evmidenciam sinais de importante esclerose delas aéreas da mastóde à direita. Não há siais de velamentos significativos da celas aéreas remanescentes deste lado nem das celas aéreas á esquerda.Não se observam opacidades em antros,áticos ou caixa timpânicas. Cadeias ossiculares presentes e íntegras. Cócleas e canais semicirculares sem alterações. Condutos auditivos internos simétricos e de calibre normal.Porções visualizadas do parênquima encefálico sem sinais de alterações focais.
    Obsvervação: 1. Exotose ósseas regular, cortizada e com sinais de medular óssea presente no aspecto medial do colo mandibular à direita, sugestivo de osteocondroma. 2. Imagem linear de alta densidade (cálcica ?) nedubdi cerca de 2,0cm, em região parafaríngea esquerda, provavelmente relacionada a calcificação ligamentar. 3. Imagens sugestivas de cistos de retenção na base do seio maxilar esquerdo.
    Por favor mandar dizer o que quer dizer tudo isso que deu no exame
    Meu médico está de férias e só volta final do mês de abril. Aguardo respostas.Mmanda pra o email marlipsoares@yahoo.com.br. Desde Agradeço

    ResponderEliminar
  26. oi a uns 10 anos tenho uma bola dentro do ouvido ela sai pra fora do canaltenho infecçao no ouvido nunca fui ao medico pois tenho sindrome do panico mas nunca senti dor tenho muito medo sei que posso ate morrer porisso mas nao sei o que fazer ninguem sabe nunca comentei com ninguem me ajudem por favor.

    ResponderEliminar
  27. Lendo os comentários anteriores,percebi que nenhum caso se compara ao meu. Ao perceber que minha audição estava ficando fraca, fui a um otorino... e após vários exames,não constatou nenhuma irregularidade, como; tumores, infecções, acumulo de cera e inclusive ele mencionou que não receitaria qualquer medicamto, porque não resolveria. Gostaria de saber se a entrada de agua em demasia, causaria algum dano, porque aconteceu no salão de beleza por diversas vezes e nas ocasiões não atinei que poderia ser prejudicial.Tenho o problema de labirintite, poderia ser essa a causa?
    Aguardarei a gentiliza de uma resposta.
    meu email;teremasmidt@yahoo.com.br

    ResponderEliminar
  28. bom dia! preciso saber o que está acontecendo com o meu ouvido esquerdo,ele está muito irritado e o que mais me incomodo e a queimação dentro dele fica quente como as orelhas quando falamos que alguém fala mal da gente.depois começa uma dor na cabeça e um peso na nuca.me ajudem!!!

    ResponderEliminar
  29. ola meu nome e alexandre e em 2009 descobri um tumor cerebral , oligodendroglioma grau 2 no lado direito do cerebro. descobri sem querer retirando o dente. nunca tive nada nem dor de cabeça na vida. passei a ter crise convulsiva parcial so do lado direito do rosto , levando a cabeça e virando os olhos com força para o lado esquerdo . fiquei curioso e fui estudar biomedicina . comecei um tratamento com alcool perilico na uff e fui levando a o meio do ano passado quando as crises voltaram. perecebi que as crises se aparecem quando estou com o nariz entupido e o ouvido com pressao. falei com os neurologistas e eles falram que nao tem nada , e tenho que tomar os remedio anticonvulsivantes que nao adianta nada.
    lendo este artigo acho que achei o problema. tenho muita cera no ouvido . vou ao otorrino e ele faz a retirada e fico legal mais nao acredita que as crises tenha nada haver com o problema. quando pego uma mudanda de temperatura meu ouvido tapa ou quando desço de carro um ladeira . tenho uma rinite sinusite que nunca acaba. talves tenha tudo haver com ou ouvido do lado direito que acordo pulsando como se estivesse inflamado.

    obrigado email para para contato e onneabr@gmail.com

    ResponderEliminar
  30. Olá,me chamo Zelia, estou com pressão no ouvido esquerdo, fui em um clinico me passou um medicamento pra remover sera, se nao melhorar, procurar um otorrimo o que eu fiz,dia 16/ 4 / 2012 fui no otorrino me examinou e disse: o meu ouvido esta otimo, queria muitos tivesse o ouvido como o meu, nao sabia o que falar sobre esta pressão, esta pressao fica no canal, me responda o que pode ser e que devo fazer, ja que a medica não sabe o que falar, aguardo resposta, obrigado.

    ResponderEliminar
  31. oi meu nome e Elaine sinto dores de ouvido fica com alguns zumbidos e chega a doer ate braço e pescoço fui ao otorrino e fiz exame de audiometria esta tudo bem segundo o medico mais ja tomei medicamentos corticoides e tinha que fazer lavagem do ouvido alguem por favor pode me ajudar obrigada Eainecris.mg@HOTMAIL.COM

    ResponderEliminar
  32. ola meu appelido e mari tenho14 anos todo bem com voces beihjo

    ResponderEliminar

  33. Preciso saber o porquê que do ouvido sai um pulsar com sopro , pra nós muito audível, Pulsa e sopra. É horrível

    ResponderEliminar
  34. Vlw pessoas nerd q postou esse trabalho.. ajudou bastante a nois fazer essa bosta.. é nois na fita pq o dvd ja esta ultrapassado kkk..
    ass: Aline, Taina, Tarci, Ismar, Stefany, Lucas, Geisom, Francisco W., Oscar, Hortencia, Morielly..
    Para tds um mt obg.. rsrss.. kkkkkk :)

    ResponderEliminar
  35. estou com zumbido o ouvido fiz varios exames e constatou uma irritação no labirinto acabei de pegar a minha resssonancia que deu condutos auditivos internos pervios e simetricos e tudo normale uma sinusopatia mazilar a direita alguem pode me ajudar nao aguento mais esse zumbido estou medicada

    ResponderEliminar
  36. então pesquisei tds as perguntas,e não me enquadrei em nenhuma delas,acontece que derrepente meu ouvido começõu a ecoar o sons,é como se fosse um tambor.alguem pode me ajudar?

    ResponderEliminar
  37. OLA! EU COMECEI COM DIFICULDADE EM INGULIR, PARECIA KE O MUSCULO NAO FUNCIONAVA, DEPOIS PARECIA KE TINHA UMA TOSSE SECA E DIFICULDADE EM RESPIRAR, UMA DOR HORROROSA NA NUCA E KE SUBIA PARA OS OUVIDOS COM SENSACAO DE CALOR NESSAS PARTES, PRESSAO NOS OUVIDOS. KUANDO TENHO MAIS DOR E SENSACAO DE CALOR NOS OUVIDOS DOI ME TAMBEM A GARGANTA NO LADO DO OUVIDO AFECTADO, CAUSA ME SENSACAO DE ENJOO, ESPASMOS NA GARGANTA E ATE NA BARRIGA. O MEDICO DIZ KE E LABIRINTITE CAUSADA POR INFECCAO RESPIRATORIA SUPERIOR. EU JA PERDI 4 SEMANAS DE UNIVERSIDADE POR CAUSA DISTO E AINDA NAO ESTOU CAPAZ DE IR AS AULAS.... POR FAVOR UMA SEGUNDA IPINIAO.... MUDEI AGORA DE CASA, E DEPAREI ME COM MUITA HUMIADE E TAMBEM FRIO KE VINHA DA JANELA DO KUARTO... SERA KE ESTA TUDO RELACIONADO? SOU MAE SOLTEIRA E NAO POSSO FICAR MAIS TEMPO DOENTE. OBRIGADA SANDRA FERREIRA

    ResponderEliminar
  38. adorei imenso me ajudou a esclarecer as minhas duvidas

    ResponderEliminar
  39. Obrigada pelo meu 10 em CIÊNCIAS !! :)

    ResponderEliminar
  40. oi meu nome é noemia estou sofrendo muito de labirintite pois vem atacando de mais eu tbem quando mastigo ouço barulho de fora para dentro muito estralho em abraços

    ResponderEliminar
  41. O MEU NOME É FERNANDA,TENHO MUITOS DESIQUILIBRIOS, JÁ CAÍ ALGUMAS, VEZES,SERA QUE ESTE PROLEMA,ESTA ASSOCIADO,AOS OUVIDOS.
    PEDIA PARA ESR ILUCIDADA.
    MUITO OBRIGADA

    ResponderEliminar
  42. olá eu um dia acordei dei por o ouvido direito sem ouvir unica coisa que comecei a ouvire como estivesse perto do mar o mesmo que se ouve num buzio ainda não fui ao medico gostaria de saber se isto tem cura. espero respostas obrigado

    ResponderEliminar
  43. Minha esposa féz um tratamento de canal a anos atráz e hoje o dente quebrou no tronco e ficou esposto (o dente é o último de tráz)e agora est á sangrando, agora ela está miuto doente pois não concegue ficar em pé pois sente tonturas e até vómitos (não esta gravida) estou suspeitando de LABIRINTETE causada pelo dente. será
    ednovg@HOTMAIL.COM.BR

    ResponderEliminar
  44. Meu marido está apavorado.Ele foi ao médico porque estava com perda de audicao e um zumbido.Pensou que era cera mas os médicos disseram que n era e mandou fazer uns exames. O que poderá ser???? meu emal. linsribeiro2011@hotmail.com

    ResponderEliminar
  45. Queria saber o autor das informações, ou seja, quem esceveu os artigos. Agradeço.

    ResponderEliminar
  46. Acho que falta alguma coisa a TROPMPA DE FALOQUIO tambem devia ser referida Muito infantil 3/10

    ResponderEliminar
  47. TENHO UMA DOENCA NO OUVIDO E VOU MORRER DAQUI A UM MES!!!!! AJUD

    ResponderEliminar
  48. bom saite de pesquisa para a audiçao continuem assim

    ResponderEliminar
  49. OLÁ MEU NOME É EDUARDO,GOSTARIA DE SABER SE ALGUEM QUE POSTA AQUINESTE SITE SE JÁ TEVE ALGUMAS DAS MINHAS REAÇOES.
    TEM HORAS QUE ESTOU ANDANDO E PARECE QUE TODO O LUGAR MUDOU DE LUGAR, AS RUAS FICAM INVERTIDAS, É COMO SE EU TIRASSE UMA FOTO DO LUGAR EM SEU ANGULO NORMAL E DEPOIS IR VIRANDO ELA,É ASSIM QUE EU SINTO AS COISAS, O QUE PODE SER, AJUDEM-ME.

    ResponderEliminar
  50. OLA MEU NOME É EDUARDO,GOSTARIA DE SABER SE ALGUEM AQUI JÁ TEVE MEUS SINTOMAS.
    EM ALGUNS LUGARES E RUAS PARECE QUE ELAS MUDAM DE DIREÇÃO,É COMO SE EU TIVESSE TIRADO UMA FOTO DO LUGAR E GIRASSE O LUGAR TODO.MEU SENSO DE DIREÇÃO PARECE NÃO ESTAR FUNCIONANDO BEM. AJUDEM-ME.

    ResponderEliminar
  51. Ola gostaria de saber se um soco no ouvido perde a audicao, sabem pq no meu trabalho levei um soco de uma convivente, e ela estava drogada, muito louca e batendo em um idoso de 62anos fui intervir e levei um soco muito forte, que na hora senti um estouro e me deu tontura, depois desse soco no iuvido esquerdo sinto muitas dores no ouvido, e fiz audiometria e a medica disse que eu perdi a audicao quero saber tem como voltar a ouvi4 se fizer tratamento me ajudem e me respondam obrigada! Meire mattos

    Meire


    ResponderEliminar
  52. adorei me ajudou muito com meu trabalho de ciencias e exclareceu todas minhas duvidas

    ResponderEliminar
  53. Gostei do texto estou estudando Artes e a matéria atual é Língua Brasileira de Sinais

    ResponderEliminar
  54. Estou cursando Artes Visuais, a matéria do estudo atual e Língua Brasileira de Sinais. Esse texto foi de grande valia para leitura. Obrigada! Célia

    ResponderEliminar

Leia as regras:
Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- O seu comentário precisa ter relação com o assunto do post;
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros blogs ou sites;
- Não inclua links desnecessários no conteúdo do seu comentário;
- Se quiser deixar a sua URL, comente usando a opção OpenID.

O estado do tempo

Tempo Lisboa

Veja também outros links:

Parceiros

Tedioso: Os melhores links Uêba - Os Melhores Links À toa na Net Seus links em um só lugar!
Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!