Os medos e as fobias de andar de avião

Técnicas para acabar com o medo de viajar de avião
A Ptesiofobia é o termo científico para designar o medo de viajar de avião. É um mal comum. São muitos os milhões de adultos que têm medo de viajar de avião. Esse medo muitas vezes surge dias ou semanas antes da viagem, provocando mal-estar contínuo, insónia, náusea e diarreia. Algumas pessoas chegam mesmo a cancelar as reservas. Outras vão para o aeroporto, mas voltam para casa. E depois que se encontram a bordo, o voo é sempre um pesadelo.
Muitas pessoas confessam sentir pânico, vontade de chorar e uma sensação acabrunhante; algumas não conseguem mexer-se nem falar. Por exemplo: em tempos houve uma mulher que cravou as unhas no braço do marido com tanta força que chegou a fazer sangue.
A verdade é que esse medo é inteiramente desproporcionado em relação ao perigo. Viajar de avião em voos normais é seguro. É certo que as estatísticas sobre segurança a bordo pouco ajudam a tranquilizar o passageiro medroso. Como dizia Einstein: «A imaginação tem mais força que o conhecimento.» Se você tem medo de viajar de avião, o medo torna-se um hábito subconsciente, que o aprisiona ou pelo menos o limita. Cresce insidiosamente, acabando por tornar-se algo insuperável.
Felizmente, o medo de viajar de avião é uma das fobias mais fáceis de tratar; mas primeiro é preciso que compreenda que o problema não é exterior a você. Andar de avião é uma das maneiras mais seguras de viajar, por isso não é o avião, ou a tripulação, ou os controladores aéreos que lhe causam medo. O problema são as emoções que você próprio criou. Depois, deve entender que voltar as costas à origem do problema só faz com que o medo aumente. A única maneira de superar uma fobia é deixar de evitá-la.
Eis um método para você enfrentar esse medo e derrotá-lo:
1º - Visite os aeroportos. Num qualquer ponto da área de todos os aeroportos existe um local de onde se podem ver os aviões aterrando e levantando voo. Observe as diferentes marcas e tamanhos; saiba em que tipo de avião vai viajar e aprenda a reconhecê-lo;
2º - Chegue ao aeroporto cedo. Conte com uma hora no mínimo para fazer o check-in e passar o controle da segurança. As correrias só servem para aumentar a sua ansiedade;
3º - Considere a hipótese de Viajar com uma pessoa que compreenda seu problema. Saiba que vai estar nervoso, excitado e pouco à vontade. Respire fundo, para sentir uma sensação de autodomínio. O movimento é um outro antídoto, por isso levante-se e espreguice-se, mexa-se de um lado para o outro.
4º - Escolha um lugar o mais na frente possível do avião; é mais sossegado e balança menos. Esforce-se por agir em vez de reagir; tente puxar conversa com outro passageiro; 5º - Mesmo quando já estiver sentado e de cinto apertado, pode fazer muita coisa para aliviar a tensão. Boceje; sorria para o vizinho do lado. Preste atenção à demonstração de como agir em caso de emergência.
6º - Respire fundo no momento em que o avião se alinhar para a descolagem. Recoste-se na cadeira, mantendo-se de olhos abertos. Não agarre os braços da cadeira; isso ainda o porá mais tenso. Mova os dedos dos pés cada vez mais depressa com a aceleração, o que o ajudará a relaxar-se. E reflicta: a descolagem só demora de 35 a 40 segundos.
7º - Depois da descolagem, preste atenção ao ruído do trem de aterragem sendo recolhido e ao toque da campainha que indica que o aviso de não fumar foi desligado. Considere os sons e movimentos do avião como sendo normais. Se aprender a relaxar, a sua procura constante de sons sinistros desaparecerá;
8º - Não deixe que os seus receios aumentem devido à turbulência do ar. Um voo turbulento é como andar num barco veloz num lago agitado, ou guiar um carro numa estrada esburacada. Desde que o cinto esteja apertado, a turbulência não tem a mínima importância, nem para você nem para o avião, que é tão forte como um navio de guerra. Se, devido ao seu nervosismo, você começar a tremer, acelere o ritmo dos tremores: isso fará com que volte ao seu estado normal. Depois de estar controlado, vai deixar de tremer gradualmente;
9º - Familiarize-se com as técnicas de voo. Se, por exemplo, viajar através de nuvens o enerva, porque você pensa que há perigo de colisão com outros aviões, informe-se o melhor possível sobre o trabalho dos controladores aéreos; isso vai acalmá-lo. Saiba que os aviões que vão em direcção a oriente voam a uma altitude de 8.100 m, 8.700 m, 9.900 m e 11.000 m; os que vão para ocidente voam a uma altitude de 7.800 m, 8.400 m, 9.300m e 10.500m. A distância que separa os voos, a altitudes inferiores a 8.700 m, é de 300 m; e de 600 m para voos a altitudes superiores a 8.700 m. Em geral, a distância mínima na horizontal entre os aviões que estão controlados pelo radar é de 9.300m;
10º - Viaje sóbrio. Muitos passageiros medrosos bebem demais antes do embarque; beber é contraproducente. Essa conclusão foi tirada por pessoas que começaram a viajar sóbrias, porque a bebida não as ajudava. Por exemplo: em tempos houve um homem, um bebedor moderado, que bebeu demais num voo e acabou por perder a noção das coisas. Depois acordou na manhã seguinte sem saber em que cidade ou hotel estava. Os calmantes também só servem para agravar o problema.
Quando tiver superado o seu medo, aprecie a liberdade que isso lhe proporciona!
Viajar de avião é praticamente indispensável no século XXI.
Jogue para trás das costas esse medo e essa limitação e tenha uma óptima viagem!

15 comentários:

  1. Muito bom este post!
    Sou afetada 'diretamente' por este problema!
    Meu namorado sofre de Ptesiofobia,
    e como moramos em estados diferentes,eu que sempre acabo viajando para encontrá-lo.
    Vou enviar esta materia para ele ler ;)

    ResponderEliminar
  2. Eu não sofro deste mal. Não tenho nenhum problema e olha que já pasei por cada turbulência.

    ResponderEliminar
  3. Vou viajar pela primeira vez em outubro e estou bastante ansioso. Tenho medo da minha reação na decolagem!

    ResponderEliminar
  4. Tipo...quando eu digo que tenho medo de andar de aviao, toda a gente me diz que morrem mais pessoas em acidentes de carro do que em avioes.MAS, ja compararam o numero de carros que circulam ao mesmo tempo que o numero de avioes que voam?claro que a probabilidade de acidente rodoviario é mais elevada!e depois..um acidente de aviao é 99pcento morte certa!um acidente d carro a probabilidade de morrer é muito menor.
    Ao menos encontrei 1 técnica que resulta um bocado (contrariando o acima citado): quando for servida a refeiçao durante o voo, peça 2 copos de vinho.isto reduz notavelmente o medo.

    ResponderEliminar
  5. tenho muito medo porem vou a natal dia 13, espero não passar mal...

    ResponderEliminar
  6. MEU PROBLEMA É EM RELAÇÃO Á DIRIGIR AUTOMOVEL, RENOVEI MINHA HABILITAÇÃO JÁ 4 VZES, ACHO QUE VOU DESISTIR PORQUE NÃO CRIO CORAGEM DE JEITO NENHUM.obs.SOBRE AS DICAS MEDO DE VIAJAR DE AVIÃO, SERÁ QUE EU PODERIA APROVEITA-LAS?
    MEU EMAIL; teremasmidt@yahoo.com.br.
    Ficarei muito agradecida se receber uma resposta imediata.

    ResponderEliminar
  7. Tenho um medo horrível de viajar de avião, apesar de já o ter feito tantas vezes. E cada vez tem sido pior. À medida que estou mais velha tenho mais medo. Além de sofrer dos males todos que aqui foram descritos, o meu grande problema é não poder controlar o avião, ser eu a conduzi-lo. Se o pudesse fazer talvez já não tivesse medo...

    ResponderEliminar
  8. Se for sua hora de ir com Deus, Nao adianta pode ser de carro bicicleta ou até a´pé... vç vai...é só ir na fé e apedir a proteção de Deus..que tudo vai Bem..

    ResponderEliminar
  9. tenho tanto medo ,que acho que na hora vou ter um infarte ,to completamente desesperada

    ResponderEliminar
  10. Eu tenho muito medo, e o meu voo é daqui a 3 horas e ja estou aflita, e nao páro de ir ao wc... Mas o que me aflije é o descolar, quando o aviao começa a subir eu nao consigo respirar, ate ele chegar lá em cima, pk é muita pressao no corpo e eu nao reago. Esta v ai ser a segunda vez, e na primeira pensei em morrer, pk eu nao contava com tanta velocidade, e colei ao banco, e nao conseguia respirar, foi um pesadelo.

    ResponderEliminar
  11. Estou ansioso d+ estou indo Paris EUA em março mas n sei o q me espera...

    ResponderEliminar
  12. Eu acho q eu tenho esse problema ea minha primeira vez q eu viajo de avião e eu tenho muito medo de altura

    ResponderEliminar
  13. Ivete,tomei um antibiótico para o hpilori e me atacou o ouvido direito, to com uma xiadeira , zumbido o q pode ser isso???Tem cura ,

    ResponderEliminar
  14. Ameiii as dicas.
    Fico imaginando como será minha primeira viagem,
    Gostaria muito pra onde eu fosse não precisasse de ir de avião, más como não tenho alternativa terei que encarar essa realidade que não tem sido fácil.
    Mas seja o que Deus quiser!!!

    ResponderEliminar

Leia as regras:
Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- O seu comentário precisa ter relação com o assunto do post;
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros blogs ou sites;
- Não inclua links desnecessários no conteúdo do seu comentário;
- Se quiser deixar a sua URL, comente usando a opção OpenID.

O estado do tempo

Tempo Lisboa

Veja também outros links:

Parceiros

Tedioso: Os melhores links Uêba - Os Melhores Links À toa na Net Seus links em um só lugar!
Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!