A doença de Paget

O que é a doença de Paget?
Trata-se de uma afecção crónica dos ossos, relativamente frequente, que associa uma aceleração do crescimento ósseo a uma excessiva destruição do tecido existente, provocando graves deformações ósseas.
Esta doença afecta cerca de 3% da população com mais de quarenta anos e cerca de 10% dos idosos com mais de oitenta anos, os homens mais frequentemente do que as mulheres. Geralmente imaginamos o tecido ósseo como algo de inerte e rígido, mas na realidade este é um dos tecidos mais activos do organismo, o tecido ósseo velho é constantemente substituído por tecido novo.
Este remodelamento do osso é normalmente realizado por células denominadas osteoclastos, que destroem o tecido velho e o substituem. A doença de Paget afecta muitas vezes o maxilar inferior provocando uma deformação do rosto. Na doença de Paget estas células são hiperactivas, com uma produção de tecido mais rápida. O novo tecido é, de consequência, pouco resistente e hipertrófico, para além de ser mais vascularizado, e, quando substitui o velho, os ossos fracturam-se mais facilmente. Todos os ossos podem ser afectados por esta doença, mas os mais afectados são, em ordem de frequência, a bacia, o fémur, o crânio, a tíbia, as vértebras, a clavícula e o úmero.
SINTOMAS
-->Dores ósseas;
-->Rigidez;
-->Cefaleias;
-->Cansaço;
-->Aumento do perímetro craniano;
-->Deformação dos membros;
-->Fracturas frequentes.
Quais são as causas da doença de Paget?
A causa desta doença, que tem o nome do médico inglês que a descreveu pela primeira vez, James Paget, não é conhecida. As últimas investigações atribuiriam a hiperactividade óssea a um vírus.
Terapia da doença de Paget
Quando se deve consultar o médico?
Deve consultar-se o médico se se nota uma mudança da forma dos membros. As bbias, por exemplo, sob o peso do corpo adquirem a uma forma de "lâmina de sabre".
O que faz o médico?
O médico descobre muitas vezes a doença, as sintomática na fase inicial, de maneira casual, graças a uma radiografia ou a exames de laboratório pedidos por outros motivos. O diagnóstico pode basear­ se também nos sintomas descritos pelo paciente: dores, rigidez, deformação dos membros, cefaleias, diminuição da audição e aumento do perímetro craniano. O médico a seguir prescreve as análises do sangue e da urina. A doença de Paget está efectivamente associada à presença de uma taxa elevada de fosfatase alcalina no sangue e de hidroxiprolina na urina (aminoácido do tecido conjuntivo ).
O médico prescreve, para além disso, algumas radiografias que permitem excluir outras doenças, como a osteoartrite, o cancro dos ossos ou a doença de Hodgkin. Os resultados mostram uma maior opacidade do osso afectado, uma estrutura anómala, um espessamento, uma deformação ou uma hipertrofia. Para além disso, por causa da maior vascularização, o tecido ósseo afectado pela doença mostra na cintigrafia uma fixação elevada de produtos radioactivos.
Qual é a terapia da doença de Paget?
As formas localizadas e assintomáticas não requerem nenhuma terapia. A aspirina permite atenuar a dor. Nos casos mais graves, deve recorrer-se a fármacos mais potentes ou à cirurgia. Administra-se então calcitonina, que abranda a reabsorção do tecido ósseo, e um difosfonato, que inibe o seu renovamento. Nalguns casos a cirurgia ortopédica é capaz de substituir uma secção particularmente danificada com uma prótese.
O que fazer sozinhos?
Devem realizar-se actividades e exercícios físicos que não sobrecarreguem os ossos atingidos pela doença. Aconselha-se, por exemplo, de andar e nadar em vez de correr ou jogar ténis. Podem utilizar-se sapatos ortopédicos para corrigir as deformações dos membros inferiores.
Como se desenvolve a doença de Paget?
Nas formas menos graves a doença pode permanecer assintomática por muitos anos. Nalguns casos, pelo contrário, progride rapidamente e provoca dores intensas e deformações graves acompanhadas por fragilidade dos ossos. O crânio, as pernas e a coluna vertebral deformam­ se. Uma forma grave de tumor ósseo (sarcoma) atinge cerca de 1% dos pacientes afectados pela doença de Paget.
A doença de Paget é uma doença grave?
Na maior parte dos casos não constitui uma ameaça grave para a saúde, mas pode ser invalidante e, por vezes, pôr também em perigo a vida do doente. Por fim, esta doença aumenta o risco de cancro.
Pode prevenir-se a doença de Paget?
Não existem medidas preventivas. Alguns estudiosos põem a hipótese que a mesma seja causada pelo vírus do sarampo. Por conseguinte, é aconselhável que as pessoas tomem a vacina contra esta doença infecciosa.

5 comentários:

  1. Cuidado quando o chapéu ou boné começa a ficar apertado !!!
    Isto não é brincadeira, é verdade.

    ResponderEliminar
  2. Muito interessante, não conhecia essa doença.
    Parabéns pelo artigo!

    ResponderEliminar
  3. Olá, também não conhecia. mas, há poucos dias diagnosticaram essa doença ao meu pai e resolvi fazer uma busca na net, logo, passei por aqui. Obrigada!

    ResponderEliminar
  4. GOSTEI DESTA MATERIA ,PORQUE ME ALERTOU COMO CUIDAR DE UM PESSOA QUE TEM ESTA DOENÇA(MEU TIO)GOSTARIA DE SABER OS REMEDIOS SE E QUE TEM PARA AMENISAR A DOR.OB LUCIO (E QUE ELE TOMA TRAMULOU ESTE REMEDIO E CONTROLADO).

    ResponderEliminar
  5. oiii!!!
    já tinha visto esses sintomas
    mas não sabia qual era o nome da doença,
    parabéns seu post foi muito esclarecedor
    bjs...bye!!!

    ResponderEliminar

Leia as regras:
Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
São publicados aqueles que respeitam as regras abaixo:

- O seu comentário precisa ter relação com o assunto do post;
- Em hipótese alguma faça propaganda de outros blogs ou sites;
- Não inclua links desnecessários no conteúdo do seu comentário;
- Se quiser deixar a sua URL, comente usando a opção OpenID.

O estado do tempo

Tempo Lisboa

Veja também outros links:

Parceiros

Tedioso: Os melhores links Uêba - Os Melhores Links À toa na Net Seus links em um só lugar!
Está no seu momento de descanso né? Entao clique aqui!